ENS, protocolo nativo do Ethereum, quer ‘fugir’ da blockchain ETH alegando que ela é lenta e cara

Por Luciano Rodrigues
Foto: Dall-e 3

O Ethereum Name Service (ENS), protocolo nativo do Ethereum, anunciou na terça-feira uma proposta para estender suas operações para redes Layer 2. Segundo o anúncio, o objetivo é repensar a arquitetura do protocolo, aumentar a velocidade e facilitar transações de baixo custo.

ENS é um protocolo de nomeação baseado em Ethereum que armazena endereços de blockchain como nomes facilmente identificáveis. A iniciativa pretende estender o protocolo para redes Layer 2, permitindo que os registros de nomes de usuário alcancem novas velocidades e desfrutem de taxas reduzidas. ENS Labs, a organização por trás do ENS, divulgou os planos nas redes sociais, destacando seus estudos anteriores sobre redes Layer 2 e a recente decisão de mover partes do protocolo, especificamente o registro de nomes .eth.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

“Nós temos monitorado o estado do ecossistema L2 há muito tempo. Acreditamos que agora é o momento certo para começarmos a mover partes do ENS, como o registro de nomes .eth, para L2,” disse ENS Labs em um post na rede X. De acordo com um post no blog do ENS, a proposta, chamada ENSv2, visa não apenas adicionar velocidade transacional e baixas taxas de gas, mas também reformular todo o sistema, oferecendo desde personalização aprimorada e controle até melhor interoperabilidade entre cadeias.

Ethereum

A proposta ENSv2 inclui a extensão do protocolo ENS para uma rede Layer 2 e um novo design de registro hierárquico para o ENS, onde cada nome tem seu próprio registro pessoal responsável por gerenciar subdomínios e resolvers. “Estamos propondo formalmente a extensão do protocolo ENS para uma L2 e um novo design de registro hierárquico para o ENS, onde cada nome tem seu próprio registro pessoal responsável por gerenciar subdomínios e resolvers,” explicou Nick Johnson, fundador do ENS.

O ENS é o mais recente em uma tendência crescente de protocolos Layer 1 que declararam suas intenções de migrar para redes Layer 2 após a atualização Dencun, que reduziu as taxas em todo o ecossistema Ethereum. Desde o anúncio, o ENS subiu mais de 3% e pode continuar a subir à medida que a equipe avança com seus planos de atualizar toda a arquitetura do protocolo.

💸 Receba até 5.000 USDT em Recompensas
Abra Sua Conta na BingX

ENS Labs encaminhou a proposta para o ENS DAO e está atualmente avaliando redes Layer 2 para a migração. A decisão de migrar para Layer 2 é vista como um movimento estratégico para superar os desafios enfrentados na blockchain Ethereum, conhecida por sua lentidão e altos custos de transação. Ao adotar redes Layer 2, o ENS espera oferecer uma experiência de usuário mais rápida e econômica, alinhando-se às demandas de uma base de usuários em crescimento.

Com a proposta ENSv2, a ENS Labs não só busca resolver problemas de velocidade e custo, mas também pretende transformar o ENS em um sistema mais robusto e flexível. A migração para Layer 2 não apenas melhorará a eficiência, mas também abrirá novas possibilidades para personalização e interoperabilidade, tornando o ENS ainda mais atraente para desenvolvedores e usuários finais.

Compartilhe este artigo
Siga:
Jornalista, assessor de comunicação e escritor. Escreve também sobre cinema, séries, quadrinhos, já publicou dois livros independentes e tem buscado aprender mais sobre criptomoedas, o suficiente para poder compartilhar o conhecimento.
Sair da versão mobile