Presidente salvadorenho Nayib Bukele busca reeleição com plano de Bitcoin em El Salvador

Por Luciano Rodrigues
Foto: Dall-e 3

O presidente de El Salvador, Nayib Bukele, deu um passo audacioso ao apresentar a documentação para sua candidatura à reeleição nas próximas eleições presidenciais de 2024, marcadas para fevereiro.

Bukele, conhecido por seu apoio ao Bitcoin, conquistou forte apoio público quando seu partido o indicou oficialmente para um segundo mandato em 26 de outubro.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Diante de uma grande reunião de salvadorenhos, ele declarou: “Cinco anos a mais, cinco anos e nenhum passo atrás. Precisamos de mais cinco anos para continuar melhorando nosso país.”

Bukele chegou ao poder em 2019, marcando uma mudança histórica em relação à dominação de três décadas dos dois principais partidos, a Aliança Republicana Nacionalista e a Frente Farabundo Martí de Libertação Nacional.

No entanto, apesar de sua popularidade entre a população local, críticos, incluindo o advogado salvadorenho Alfonso Fajardo, argumentam que a Constituição do país proíbe mandatos presidenciais consecutivos.

🎟️ BitSampa 2024: 50% dos ingressos do primeiro lote já vendidos!
Compre seu Ingresso Agora

Fajardo destacou: “Nayib Bukele está concorrendo à reeleição em El Salvador, apesar de ser proibido em 7 artigos da Constituição. A Constituição foi elaborada após nossos acordos de paz, após nossa sangrenta guerra civil. Isso é inconstitucional.”

Bitcoin

É importante notar que, em setembro de 2021, a Suprema Corte de El Salvador decidiu a favor da reeleição presidencial consecutiva, abrindo assim o caminho para a candidatura de Bukele. O partido de Bukele, Novas Ideias, conta com o apoio expressivo de 70% do eleitorado do país, superando em muito o concorrente mais próximo, que recebeu apenas 4% dos votos totais.

Apesar da oposição, incluindo um processo movido por um dos concorrentes das Novas Ideias, a FMNLB, alegando a inconstitucionalidade do programa de adoção do Bitcoin de Bukele, a iniciativa prosseguiu como planejado.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

El Salvador oficialmente tornou o Bitcoin moeda de curso legal três meses depois, em setembro de 2021.

A administração de Bukele também adotou políticas amigáveis à tecnologia, como a eliminação de impostos sobre inovações tecnológicas, com o objetivo de fortalecer a economia da nação.

Gabor Gurbacs, consultor estratégico da VanEck, chegou a especular que El Salvador tem o potencial de se tornar “a Singapura das Américas”.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

A popularidade de Bukele foi impulsionada por sua firme ação contra a MS-13, uma gangue transnacional que contribuiu para que El Salvador tivesse as maiores taxas de homicídio do mundo seis anos atrás.

Graças a esses esforços, a taxa de homicídios de El Salvador caiu impressionantes 92,6% desde o pico de 106 por 100.000 habitantes em 2015, agora registrando apenas 7,8 em 2022. O país ostenta agora uma das menores taxas de criminalidade da América Latina.

No entanto, é importante observar que a abordagem de Bukele não tem sido isenta de controvérsias, já que as Nações Unidas e outros críticos argumentam que El Salvador violou leis de direitos humanos ao prender 65.000 indivíduos sem garantir a eles o direito legal de se defenderem.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Compartilhe este artigo
Siga:
Jornalista, assessor de comunicação e escritor. Escreve também sobre cinema, séries, quadrinhos, já publicou dois livros independentes e tem buscado aprender mais sobre criptomoedas, o suficiente para poder compartilhar o conhecimento.
Sair da versão mobile