Saber quem é Satoshi Nakamoto é mesmo relevante?

Por Bruna Grybogi

No dia 23 de abril de 2011, Satoshi Nakamoto enviou seu último e-mail: “Eu mudei para outras coisas. Isto [Bitcoin] está em boas mãos com Gavin e com todos”. Ele entregou o código-fonte para o repositório Bitcoin e desapareceu.

Desde aquele dia, não há nenhuma prova inegável de que Satoshi foi ouvido ou já compartilhou sua opinião sobre o Bitcoin novamente.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Por perspectiva, o código fonte do projeto Bitcoin foi lançado pela primeira vez em janeiro de 2009, 10 anos atrás. Satoshi deixou o projeto em dois anos e alguns meses, portanto, contribuiu com 20% da história do projeto.

Contribuir é uma palavra importante. Embora o Bitcoin fosse a visão de Satoshi, ele não poderia entregá-lo sem o apoio de outros. Ele recrutou pessoas inteligentes para ajudá-lo a lidar com os muitos desafios do crescimento do Bitcoin, desenvolvedores respeitados como Hal Finney, Gavin Andreson e Nick Zsabo.

Desde que Satoshi deixou o projeto, nós tivemos The Silk Road, MT. Gox, Coinbase, ASICS, proibição da China, futuros, Bitcoin Cash, Lightning Network, Bakkt… uma lista interminável de tecnologias, pessoas, governos e empresas que se juntaram, contribuíram, regulamentaram, danificaram e ajudaram o Bitcoin. Como tal, as necessidades do Bitcoin mudaram e as necessidades dos usuários também.

💸 Receba até 5.000 USDT em Recompensas
Abra Sua Conta na BingX

Agora, o objetivo não é esquecer Satoshi ou descartar seu legado. O ponto do meu artigo é que afirmações como “Visão Original de Satoshi” ou “Satoshi gostaria de …” não são relevantes.

Nós não sabemos o que Satoshi iria querer; certamente não baseado em um white paper, escrito há dez anos atrás, sem que Satoshi tivesse os outros 80% da história do projeto para informar sua opinião.

Satoshi pode não gostar que o Bitcoin seja considerado uma reserva de riqueza, já que seu white paper original era para “um sistema de dinheiro eletrônico peer-to-peer”. Vamos lembrar que o bloco gênese inclui “The Times 03/Jan/2009 Chancellor on brink of second bailout for banks”, uma referência explícita à instabilidade financeira causada pelos bancos. Satoshi pode ter visto como as pessoas da Venezuela e do Zimbábue usariam Bitcoin para se proteger economicamente. Nós não sabemos.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Satoshi pode dizer que o Bitcoin não é uma reserva de riqueza e só deve ser considerado e desenvolvido como um meio de troca. Nós não sabemos.

Mesmo se Satoshi ainda estivesse envolvido no projeto; depois de trabalhar com outras pessoas inteligentes, ele poderia ter mudado de ideia. Nós não sabemos.

Nós não sabemos porque ele desapareceu do projeto. Ele se demitiu do Bitcoin. Ele parou de contribuir. Ele disse que você decide.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Qualquer tentativa de usar a visão original de Satoshi (white paper) como argumento é fraca, porque o white paper era um plano, um conceito, mas não uma Bíblia dizendo como todas as coisas deveriam seguir. A constituição tem emendas por uma razão; nós humanos cometemos erros, a sociedade muda, precisamos mudar e evoluir.

Qualquer tentativa de imaginar o que Satoshi pensaria é feito com informações incompletas; isso é conjectura. O sistema legal não gosta de conjecturas, porque isto é adivinhação.

Satoshi não era um Deus infalível. A história inicial do Bitcoin demonstra isso quando eles desenvolveu o protocolo com outras mentes brilhantes. Pensar no que Satoshi iria querer apenas indica que a pessoa que está fazendo isso é fraca em argumentar sobre o assunto. É a última linha de defesa, “sim, mas Satoshi concordaria comigo”. Você não sabe disso.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Pior ainda, ao colocar Satoshi neste pedestal do mundo cripto, você o transforma em um único ponto de falha, algo totalmente contrário aos fundamentos descentralizados do Bitcoin.

Enquanto indivíduos são celebrados por invenções, eles geralmente inventaram coisas ao lado de outras mentes brilhantes. Henry Ford estava trabalhando com Thomas Edson antes de fundar a Ford Motor Company. E você acha que ele se sentou em um celeiro construindo carros por conta própria?

Steve Jobs, um dos nossos outros Deuses nerds, não estava sempre certo; ele foi expulso da Apple, falhou com o computador NeXT antes do mundo ser elevado ao status de Deus da tecnologia.

Satoshi não está aqui; nós não temos ideia do que ele está pensando ou o que ele quer.

Satoshi poderia voltar e estar em desacordo com as mentes brilhantes que trabalham com Bitcoin agora.

Satoshi teria que ganhar seu direito de volta ao projeto Bitcoin. Sim, tenho certeza de que ele seria aceito, mas seja qual for a opinião dele, bem, é apenas uma opinião; as outras mentes brilhantes que trabalham no Bitcoin podem discordar.

Certamente, temos pessoas suficientemente inteligentes no mundo da blockchain que podem se sentar ao redor de uma mesa e descobrir essas coisas?

E se não podemos concordar, bem, essa é a beleza do projeto Bitcoin, podemos criar um fork, ter opiniões diferentes e deixar o mundo decidir. Esta é certamente uma maneira melhor de criar uma criptomoeda que muda o mundo, que é o que todos nós queremos, certo?

Talvez, nem todos vão concordar com estes argumentos. O problema é que você não precisa ser um especialista técnico para perceber que Satoshi nos deu um presente e perdemos tempo e energia com essas discussões, quando deveríamos enfrentar os verdadeiros inimigos.

Os governos que imprimem dinheiro sem parar, levantam tetos de endividamento e tiram nossos serviços públicos. Os bancos que nos levaram à crise financeira após a crise financeira, apenas para serem socorridos pelos governos enquanto perdemos nossas casas e empregos.

Não vamos continuar lutando uns contra os outros, todos nós temos o mesmo objetivo, certo?

Compartilhe este artigo
Leave a comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sair da versão mobile