Estamos felizes em combater a SEC na justiça, afirma fundador da Coinbase

Por Luciano Rodrigues
Foto: Pixabay - Montagem Bitnotícias

A Coinbase disse que está pronta para lutar na justiça contra a SEC (Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos) após receber um aviso de Wells sobre a possibilidade de uma ação de execução ser movida contra a empresa.

O regulador tem como alvo o Coinbase Prime e o Coinbase Wallet, e a decisão de levar a SEC ao tribunal foi anunciada pelo CEO da Coinbase, Brian Armstrong, durante uma entrevista no Twitter Space.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Armstrong afirmou que, embora a decisão da SEC não tenha sido totalmente inesperada, foi “um resultado muito estranho” depois que a empresa se reuniu com o regulador cerca de 30 vezes durante os últimos nove meses.

SEC x Coinbase

Ele afirmou que está feliz em ir ao tribunal, se necessário, para desenvolver uma jurisprudência para o setor, a fim de que seja construído de maneira segura, confiável e regulamentada nos Estados Unidos.

A Coinbase disse em um comunicado na quarta-feira que está “confiante na legalidade de [seus] ativos e serviços”, acrescentando que as reivindicações do regulador carecem de detalhes sobre problemas específicos.

💥 10 Criptomoedas Promissoras para ficar de olho !
Dê o Próximo Passo e Invista Agora

Recentemente a SEC noticiou também Justin Sun acusando o empreendedor cripto de fraude e manipulação no lançamento de tokens do ecossistema Tron.

Os reguladores dos Estados Unidos têm como alvo a indústria criptomoedas há algum tempo, e o aviso mais recente da SEC à Coinbase reflete a crença de alguns de que os players da indústria cripto procuram tirar proveito das brechas regulatórias.

Além disso, a postura sobre criptomoedas da Casa Branca foi considerada decepcionante, com o Relatório Econômico Anual do Presidente afirmando que o design de ativos digitais “frequentemente reflete uma ignorância dos princípios econômicos básicos”.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

A CEO da Blockchain Association, Kristin Smith, chamou o relatório de “decepcionante” e instou o governo Biden a considerar como será lembrado: como um líder de inovação profunda ou um obstáculo para uma revolução tecnológica global.

Compartilhe este artigo
Siga:
Jornalista, assessor de comunicação e escritor. Escreve também sobre cinema, séries, quadrinhos, já publicou dois livros independentes e tem buscado aprender mais sobre criptomoedas, o suficiente para poder compartilhar o conhecimento.
Sair da versão mobile